Tokushare > Notícia > Análise > Série - Kamen Rider Ryuki: A Verdadeira Guerra entre os Riders

Série - Kamen Rider Ryuki: A Verdadeira Guerra entre os Riders

Por tuninhochan

Há muito tempo tinha curiosidade em assistir à 12ª série da franquia Kamen Rider. Ela atiçava minha curiosidade pelo seu visual e por haver tão poucas pessoas que falavam sobre ela. Poucas sim, mas as que falavam a elogiavam bastante. Com a minha velha mania de assistir a todas as séries em ordem cronológica, finalmente havia chegado a tão esperada hora de assistir à Kamen Rider Ryuki, e posso lhes afirmar, valeu muito a pena. Kamen Rider Ryuki foi escrito por Yasuko Kobayashi e Toshiki Inoue, produzida mais uma vez pela parceria entre Toei Company e a Ishimori Productions, e foi exibida pela TV Asahi em 2002. A série teve 50 episódios, três especiais e foi adaptado pela empresa americana Adness Entertainment, dando origem à Kamen Rider: Dragon Knight (ou Kamen Rider: O Cavaleiro Dragão).

A trama nos apresenta Shinji Kido (interpretado pelo bom Takamasa Suga), um jovem boa praça, meio atrapalhado e de bom coração que trabalha na redação do “Ore Jornal”. Durante uma investigação para uma matéria sobre desaparecimentos, ele encontra uma carta e uma espécie de cinto. Logo depois, ele é atacado por um monstro que parece surgir de um espelho e o leva para dentro do espelho. Quando ele está prestes a morrer, Shiji é salvo por Ren Akiyama (interpretado pelo também bom Satoshi Matsuda) e por Yui Kanzaki (a bela Ayano Sugiyama). Ren transforma-se em Kamen Rider Knight (meu preferido), dá cabo do monstro e explica o que está acontecendo a Shinji.

            

Existe um mundo através dos espelhos e de qualquer superfície que possua reflexo. Esse mundo é conhecido como Mundo dos Espelhos. Existem monstros que habitam este mundo e agora estão capturando seres humanos no nosso mundo para se alimentar. Pessoas que tiverem o cinto (deck) e cartas Advento, podem se transformar em Kamen Riders e fechar um contrato com um monstro que irá auxiliá-lo na grande batalha dos Kamen Riders, onde só poderá restar um guerreiro vivo.

            

Explicações dadas, a pancadaria logo come solta. A série é recheada de ação, muito suspense e boas doses de humor que divertem, não irritam e não tiram o ritmo da trama. Temos ótimos atores e boas coreografias também. Os efeitos especiais são mais ou menos, porém não incomodam. O grande destaque aqui fica mesmo com o suspense que prende desde o primeiro episódio até a sua conclusão no episódio final. A trama é muito boa mesmo e é extremamente envolvente. Temos aqui a verdadeira batalha entre os Riders, coisa que alguns filmes atuais da Toei prometem e não cumprem. Os personagens aqui morrem de verdade. Os Riders que perdem suas batalhas não desaparecem para ressurgirem no final da trama. Morreu, já era. Babau.

                

Kamen Rider Ryuki foi a série com maior número de Kamen Riders apresentados até agora. São 12 Kamen Riders. Para não estragar as surpresas de quem é quem na trama, irei apenas colocar aqui o nome dos Riders que surgem na série, e não dos civis que irão se transformar. São eles: Kamen Rider Ryuki, Kamen Rider Knight, Kamen Rider Scissors, Kamen Rider Zolda, Kamen Rider Raia, Kamen Rider Gai, Kamen Rider Ouja, Kamen Rider Tiger, Kamen Rider Imperer, Kamen Rider Alternative, Kamen Rider Zero e Kamen Rider Odin.

Todas as pessoas que se envolvem na batalha possuem um motivo para estar ali, pois é dito que o vencedor, o último a restar de pé, terá o seu desejo realizado. Qualquer desejo. Imaginem então. Motivação maior do que essa não pode existir. Algumas pessoas possuem desejos dignos, outros são da turminha do Coringa de Batman, apenas querem ver o circo pegar fogo.

             

Não posso deixar de destacar 6 personagens que eu gostei bastante. Shinji Kido, Ren Akiyama, Yui Kanzaki, Shuichi Kitaoka, Takeshi Asakura e Satoru Tojo. Vamos à eles, tentando não dar muitos spoilers para não estragar a surpresa de ninguém. Começando por Kido. Ele é muito bondoso, possui forte senso de justiça, é meio atrapalhado e muito ingênuo. Passa a série inteira se recusando a matar alguém e quer apenas acabar com a ameaça dos monstros contra os seres humanos. Começa meio atrapalhado, mas torna-se um herói de verdade, muito forte e muito determinado.

Ren é obcecado por vencer a guerra dos Riders. Seu desejo é um dos mais fundamentados da trama. Ele é um personagem sério, quase um anti-herói. Forma uma grande rivalidade com Shinji. Muitas vezes demonstra não ter paciência com a bondade do protagonista. Este é meu personagem favorito e seu visual, junto com do Ryuki, são os mais maneiros da série, pra mim. Yui está envolvida diretamente com toda a guerra dos Riders. Ao longo da série vamos entendendo sua ligação com tudo e percebemos como ela é uma personagem forte e muito importante. Fez uma bela parceria cômica com sua avó, Sanako Kazaki (interpretada pela hilariante Kazue Tsunogae).

Shuichi Kitaoka é um advogado arrogante e interesseiro. Cruza o caminho de nossos heróis e é um dos pilares da história. Foi muito bem interpretado por Ryohei. Demonstrava uma belíssima amizade com Goro Yura (interpretado por Tomohisa Yuge). Kitaoka foi advogado e era constantemente alvo do psicopata Takeshi Asakura (interpretado pelo bom Takashi Hagino). Asakura é idolatrado pelos tokufãs em geral e constantemente é eleito como um dos melhores e mais frios assassinos de tokusatsus que já se viu. Eu o achei bacana e interessante. Asakura amava lutar e fazia qualquer coisa para se meter em confusão. Queria apenas ver o caos. Realmente foi um excelente personagem, mas eu não o achei isso tudo que os fãs falavam. Ao contrário, em termos de psicopata, assassino frio e maluco, não teve quem fizesse frente à Satoru Tojo (interpretado por Jun Takatsuki) na série. Para não entregar e estragar demais, só digo que esse sim é doido. O sonho do cara era ser um herói. Um herói deturpado, no mínimo, eu diria.

       

Junte todo o suspense, muita ação, muitas mortes, reviravoltas, ótimos personagens e bons atores e você terá uma das melhores séries de Kamen Rider já produzidas. Com certeza, Kamen Rider Ryuki veio para mexer com meu Top 10 de Kamen Riders e bagunçar minha listinha. Para complementar, ainda temos a música de abertura que é muito boa. “Alive A life”, interpretada por Rica Matsumoto, é viciante.

     

O final de Ryuki é muito bom e ainda é complementado no filme chamado Kamen Rider Ryuki – The Movie: Episode Final. Muitas coisas que não ficaram muito claras ao longo da série são melhores explicadas no filme. Temos até um final alternativo que também ficaria tão bom quanto o final original. Recomendo fortemente que assistam.

    

Para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de assistir a esta excelente série, parem tudo que vocês estiverem fazendo e corram agora mesmo atrás de Kamen Rider Ryuki. Aqui mesmo, no Tokushare, nós temos a série completa (http://www.tokushare.com.br/seriadoHistorias/view/37). Portanto, queridos amigos, peguem sua carta Advento, façam contrato com seus monstros e mergulhem de cabeça na Guerra dos Riders, e não se esqueçam: “aqueles que não lutarem, não sobreviverão”.

          

Um grande abraço.

tuninhochan
Um eterno fã de Tokusatsus!
Comentários
Mario - 17/01/2017 15:01:36
Lá pelo ano de 2006 eu tinha vontade de assistir mas era difícil achar as coisas nessa época. Com boa qualidade ainda mais difícil. E pra piorar, a velocidade da internet e o tamanho do HD não ajudavam muito. Baixei um final alternativo, com imagem bem ruim, mas gostei. Anos depois veio a adaptação "O Cavaleiro Dragão" e foi aí que eu acompanhei mas não vi o final. Gostei bastante, só achava achava os atores um pouco ruins. Já nas cenas japonesas ficava nítido a adaptação pois a personalidade dele mudava, ficava meio atrapalhado e gesticulando muito. Fora as falas desnecessárias só pra preencher as cenas japonesas. Agora vou poder ver se a original é melhor. Obrigado!
Denuncia
Tiozão do Rolê - 07/01/2017 12:01:15
Exelente matéria!Mesmo não sendo minha série rider favorita,recomendo muito!Diversão garantida pq afinal;quem não quer ser um Kamen Rider Morcego?O Batman Rid..digo,Ren (AKA Knight) é um personagem bem cativante =)
Denuncia
FLAVIO126 - 14/10/2016 07:10:41
assisti na época do VHS. mas é muito boa msm. eu gostei da ver: americana. vai depender do gosto de cada um...
Denuncia
tuninhochan - 02/08/2016 21:08:10
Opa, Moises! Pode assistir sem medo! É bom demais a série! Ah! E obrigado por mostrar que não sou o único maluco com minha mania de assistir as coisas em ordem cronológica!!! Rsss
Denuncia
moises - 02/08/2016 20:08:30
Já tinha vontade de assistir Ryuki pelo simples fato de ter tido uma adaptação americana (que não gostei), agora com sua análise ela aumentou.So não tinha assistido ainda porque também assisto as séries em ordem cronológica.
Denuncia
Execute o login para comentar a notícia!
Participem do nosso grupo no face, acessem: TokuShare