Tokushare > Notícia > Valores Tokusatsu > Viva o Novo Ano! Que o Saudosismo fique em 2014 - tudo Evolui, inclusive o Tokusatsu!

Viva o Novo Ano! Que o Saudosismo fique em 2014 - tudo Evolui, inclusive o Tokusatsu!

Por tuninhochan

"Tendência, gosto fundado na valorização demasiada do passado". A definição de saudosismo no dicionário já chama a atenção para o exagero.

A saudade no tokusatsu, assim como na vida, é mais que compreensível. O olhar encantado e a pureza do menino que ligava a televisão só para acompanhar as aventuras de cinco guerreiros coloridos, ou acompanhar um guerreiro metálico que enfrentava monstros gigantes junto com seu robô, é espetacular. Claro que um adulto ao ver a cena, talvez se pergunte o motivo da criança ali perder tempo em ver algo tão tosco ao invés de correr na rua, jogar bola, empinar pipa. Anos se passam e aquela mesma criança que passava tempo na frente da TV assistindo seus heróis, cresceu, e se rever aquelas mesmas coisas, vai notar algumas diferenças.

Vai notar alguns conhecimentos básicos de roteiro, falas, design, desenvolvimento de personagem. Agora ele está mais crítico, não é mais coração, poderá agir com a razão. Poderá, pois é assim que se espera de um adulto.

Suspirar pelo tempo no qual chegava da escola correndo e só tinha que brincar e estudar é absolutamente natural. Todos os seres humanos precisam e necessitam recordar e manter vivas suas histórias e memórias.

 

O grande problema é o excesso, memória seletiva, a vaidade. É garantir que quase todos os seus contemporâneos eram melhores e menosprezar o que veio depois. Porque na vida tudo evolui. Ciência, técnicas industriais, práticas administrativas, métodos de produção agrícola, os direitos civis e do consumidor, as comunicações... Sim, tudo evolui, inclusive o tokusatsu.

Hoje, as produções são ricas em intensidade e rapidez. Por exemplo, nas séries KR, não há mais o monstro da semana, ou aquela criança com calça curta que aparece no episódio pra ser salva. Hoje a trama é amarrada capítulo a capítulo, onde se perder um ou dois, pode se perder uma importante fatia do que foi gerado.

 

Os recursos tecnológicos facilitam e auxiliam as produções. Para alguns mais conservadores, o uso exagerado de CG atrapalha e foge do padrão essencial do toku. Alguns reclamam que os atores atuais não lutam tanto como os antigos, e que já partem logo para a ação. Ainda existem aqueles que mencionam que os heróis atuais têm diversas formas, e que isso é apenas para vender mais e mais brinquedos. O romantismo de outrora se foi. Não há mais tokusatsus como antigamente. Os valores morais se foram. Não existe mais emoção. Tudo é para ganhar dinheiro.

Embora muito disso de fato seja verdadeiro, pois se trata de um negócio, e isso envolve lucro, ainda assim dizer que os tokus modernos não chegam aos pés dos antigos em dramaticidade é algo enganador. Visto que alguns ainda são presos a séries antigas, eu perguntaria se alguém não se emocionou com as aventuras dos novos Riders, ou se já se pegou nos dilemas de alguns Ultras ou mesmo nas angústias dos episódios finais de alguns Super Sentais.

            

Eu escrevo esse texto no começo de 2015, porém, com meus atuais problemas de saúde, o vi obrigado a terminar agora, já nos idos de abril. Qual seria o motivo de eu ainda escrever? Quero eu mudar a mente do povo? Não. De modo algum. Nem sou aqui o responsável por ser um chato que vem aqui e fica dizendo que só o de hoje presta. O que não pode ser é: gostar de apenas um período, rechaçando tudo que veio depois, ou dizer que só o que tem agora é bom e o de antes é tosco. Falta uma coisa muito importante para que o mundo tokusatsu ganhe mais fãs: RESPEITO. Sim, respeito. Porque se conseguirmos fazer com que ocorra respeito um entre os outros, com certeza mais pessoas vão querer saber os valores das séries que acompanhamos. Se nós, fãs do gênero, não conseguimos nos entender, iremos de encontro ao grande ensinamento que um reino ou casa dividida entre si, não pode permanecer.” Se quisermos que mais pessoas nos conheçam e principalmente também se tornem fãs, o correto e ter uma postura respeitosa. Ninguém, definitivamente, é igual a ninguém. O meu intuito aqui não é o de filosofar, ou mesmo empurrar o que gosto a ninguém. Gostos são coisas complexas, mas deixe se experimentar, conhecer, saber. Aqui no Tokushare, comecei a escrever há pouco tempo atrás sobre Maskman. Em breve, teremos um especial com os trinta anos de Jaspion e Changeman e não vai parar por aí. Vamos falar de Godzilla, henshins e kyodai heroes, séries Ultras, KRS, outros sentais, curiosidades, atores. Sim, há uma afinidade de coisas boas a tratarmos. E meu convite sincero é que você leitor, seja de qual época for, se permita a conhecer coisas boas e novas, interaja, faça amizades, comente, divulgue seus gostos. Mas respeite opiniões contrárias, isso vai ser muito benéfico para todos e vai fazer que além do tokusatsu, nós, como pessoas, também poderemos evoluir e crescer. Afinal, como diria o KR Decade:

“Estamos nesse mundo apenas de passagem”.

Acompanhe-nos então nessa grande viagem para a evolução.

Grande abraço!

Matéria Originalmente escrita por Gilmar Oliveira em 12/04/2015

tuninhochan
Um eterno fã de Tokusatsus!
Comentários
tuninhochan - 25/05/2016 10:05:10
Exatamente!
Denuncia
Sidney Ribeiro - 13/04/2016 16:04:22
Tenho um pensamento sobre isto, eu assisto todas as séries, e me emociono com muitas delas, e pretendo dar o direito das pessoas adorarem o que e onde quizerem, e não será eu que farei juizo de valor por gosto, pois o mesmo é igual nariz, cada um tem o seu. portanto deixemos que cada um faça a sua escolha.
Denuncia
tuninhochan - 07/01/2016 09:01:18
Isso aí, turma! Abraços!
Denuncia
eurico - 07/01/2016 00:01:12
eu acho que da pra ver tanto novos como antigos!pra minha pessoa a unica excessao e spectreman que vejo sempre por ter marcado muito uma epoca da minha vida!!
Denuncia
Boanerges - 03/01/2016 21:01:53
Respeito quando nós conseguirmos respeitar uns aos outros o mundo melhora com certeza, eu já perdi muito tempo em discussões como Super Sentai vs Power Rangers e Tokusatsu vs versões americanas hoje não mais, continuo preferindo o original japonês mas respeito muito os fãs de versões americanas, claro a brincadeira sempre que saudável é bem vinda mas sem agressões e sim com união precisamos uns dos outros para sermos fortes, apesar de ser geração Manchete com muito orgulho gosto de Tokusatsus de todas as épocas desde os anos 50 até 2016, agora com Animes eu tenho um pouco desse problema até poucos anos atrás só conseguia ver Animes dos anos 90 para trás hoje estou trabalhando melhor isso e já gosto de várias produções dos anos 2000, é isso galera respeito e união é base de tudo, Feliz 20016 para todos os Tokufãs.
Denuncia
Execute o login para comentar a notícia!
Participem do nosso grupo no face, acessem: TokuShare