Tokushare > Notícia > Análise > Série - Super Elétron Bioman: Um Sentai onde a Força está no Grupo

Série - Super Elétron Bioman: Um Sentai onde a Força está no Grupo

Por tuninhochan

Caros Tokufãs, ao longo desses anos que frequento comunidades de Tokusatsus, sempre me indicaram à assistir Bioman. A série sempre foi muito elogiada pelos fãs e fui ficando cada vez mais curioso. Bom, concluí agora há pouco a oitava série da franquia Super Sentai. Produzida pela Toei Company em 1984, a série teve 51 episódios e foi um sucesso estrondoso na França e nas Filipinas.

Há muitos anos atrás no Planeta Bio houve uma guerra entre a população local: alguns queriam usar a sua tecnologia avançada para o bem e proteção de todos, enquanto outros queriam usar esta mesma tecnologia para dominar e destruir os mais fracos. Esta guerra resultou na destruição do planeta, mas antes disso, alguns cientistas enviaram a androide Peebo e o Bio Robô para o Planeta Terra na esperança que sua tecnologia não caísse em mãos erradas. Ao chegar na Terra, cinco pessoas são irradiadas pelas Bio Partículas, que são capazes de dar poderes às pessoas. Essas Bio Partículas são transmitidas de geração pra geração.

             

Após anos surge o Império Gear, liderado pelo frio e calculista Dr. Man, que pretende dominar o mundo e exterminar os seres humanos. Dr. Man quer provar a superioridade de seus robôs e ciborgues e juntamente com seus subordinados não medirá esforços para alcançar seus objetivos.

Peebo e Bio Robô encontram os cinco descendentes dos primeiros terráqueos que foram irradiados pelas Bio Partículas e estes se transformam no Super Elétron Bioman. Dotados de poderes, armas e uma vestimenta especial, cabe à esses jovens derrotarem os planos de Dr. Man e salvarem a Terra de mais uma ameaça.

Esta é a história de Bioman. A série possui bastante ação, doses certas de humor, um bom elenco (tirando a atriz Michiko Makino que interpreta Hikaru Katsuragi/Pink Five. Suas caras são muito exageradas e na maioria das vezes sem muita reação), vilões medianos e uma história muito interessante. O design do Bio Robô é um dos mais bonitos dentro da franquia dos Sentais.

         

Bioman é um sentai de grupo. Eles treinam muito no início da série para se aperfeiçoarem em combate e o grupo é muito forte, mas os personagens individuais são fracos. Tirando Jun (Yellow Four II), interpretada pela gatinha Sumiko Tanaka, e Goh (Red One) interpretado por Ryosuke Sakamato, o restante não teve peso. Não sabemos muita coisa dos outros integrantes do grupo. Jun foi a personagem mais bem explorada na trama e a que mais se desenvolveu e teve destaque durante toda a trama. Ela entrou substituindo a Yellow Four I, Mika Koizumi interpretada por Yuki Yajima. Dizem que Yajima saiu por problemas com salário. Ela nem é citada no último episódio. Já Sakamato só obteve mais atenção na reta final. Yellow Four II e Blue Dolphin de Liveman são as minhas integrantes femininas favoritas do universo Tokusatsu (ao menos até o momento).

Quanto aos vilões, eles me agradaram, mas não achava que eles ameaçavam tanto assim aos heróis. Mason nada fazia, Farrah também não, Monster então era mais alívio cômico do que outra coisa. E olha que esses formavam o “Big Three”, os considerados generais mais fortes do exército de Dr. Man. O que achei bacana aqui era a forte amizade entre Monster e o monstro Ju-Oh. Ambos mostravam preocupação um com o outro sempre. O restante de alguns inimigos (Beastnóides), vinham, lutavam com os heróis, eram explodidos, mas não morriam, apenas eram jogados pra longe. Isso ocorre durante toda a série, e do nada, na reta final os ataques começam a surtir efeitos e os inimigos começam a explodir e serem destruídos. Isso me incomodou um pouco. Por quê só houve efeito na reta final e antes não? O quê mudou? O golpe final ficou mais forte e efetivo apenas na reta final? Ou os vilões já estavam tão cansados de sempre serem jogados pra longe que preferiram morrer do que ficarem sendo feitos de bolas?

             

Falando em vilão, no episódio 37, “O Assassino Silver!”, temos a entrada do Caçador de Bio Partículas Silver. Esse foi a maior decepção pra mim. Vejam bem, pra mim. Ele surge como a grande ameaça aos Bioman, mas limitava-se à repetir seu bordão à todo momento e em todo episódio: “Bio Partícula detectada! Destruir! Destruir! Destruir!”. Dava uns tiros e anunciava a chegada do perigoso robô gigante Balzion.... esse Balzion então nem digo nada.... muita propaganda pra pouca coisa.... Bio Silver não dava continuidade aos seus ataques e acabava não oferecendo o perigo todo pra equipe como se era esperado.

Agora, preciso dar o braço à torcer para dois personagens: Dr. Man e Peebo. No começo achava Dr. Man meio sem graça, mas o episódio 28, “O Assassinato do Dr. Man” e a reta final (mais precisamente os dois últimos episódios) mostram todo o potencial deste grande vilão. Ele lembra demais outro cientista que se acha superior aos seres humanos: Dr. Bias de Liveman. Pra não revelar muita coisa posso apenas dizer que Dr. Man renega toda sua humanidade e se entrega totalmente às máquinas. Já Peebo, achava ela muito chata, mas foi de extrema importância e foi fundamental para o final da série.

         

Bioman inovou por não ter o que vemos até hoje nos sentais: o monstro do dia não é revivido e torna-se gigante ao final de cada combate. As ameaças gigantes aqui são robôs gigantes pilotados pelos generais de Gear. Até mesmo Dr. Man pilota um no combate final contra nossos heróis.

Resumindo, Bioman é muito bom, mas não achei isso tudo que falavam não, mas não deixa de ser uma boa série. Lembrem-se que cada um tem seu gosto e cada um interpreta algo diferente do outro. Acompanhem vocês mesmos e tirem suas próprias conclusões. Aqui no Tokushare nós temos a série completa (http://www.tokushare.com.br/seriadoHistorias/view/32).

Um grande abraço!

tuninhochan
Um eterno fã de Tokusatsus!
Comentários
tuninhochan - 10/04/2017 12:04:44
Edu André, Bioman é incrível!!!! Um grande abraço!
Denuncia
Edu Andre - 03/04/2017 13:04:32
Acabei de terminar Bioman e digo apenas uma coisa... É um dos melhores sentais que já vi! Tudo bem que ainda vi poucos sentais para fazer uma comparação, mas mesmo assim, é um grande sentai. Pode ser equiparado em dramaticidade com Metalder e Kamen Rider Black. Até então, nunca um vilão tinha seu passado e história tão bem desenvolvidos como o Dr. Man. Os personagens secundários como o filho Shuichi (Prince) são muito bem construídos. O quinteto de heróis foram todos bem aproveitados na história. A única crítica feito à série que eu concordo é a sobre o Bio Hunter Silver. Realmente ele foi meio decepcionante para um vilão considerado pela crítica como marcante, já que só repetia: "Bio Partícula detectada! Destruir! Destruir!" Uma pena que a Mika Koizumi, a primeira Yellow Four foi esquecida. Ela nem é mencionada pelo Peebo no episódio final, quando ele se despede do grupo. Inclusive li os atores que fizeram os Bioman nem sabem do paradeiro da atriz Yuki Yajima, que fez a Mika. Ela saiu do meio artístico e ninguém sabe como ele vive hoje! Muito estranho... Enfim, Bioman já tá na minha lista de melhores tokusatsus que já vi.
Denuncia
tuninhochan - 02/09/2015 15:09:38
Obrigado, Tasci! Realmente Bioman é muito bom, Ovomaltino!
Denuncia
Ovomaltino - 15/06/2015 15:06:07
Também conhecido - segundo os bons e velhos rumores - como "o Sentai que deveria ter sido exibido no Brasil no lugar (e/ou antes) de Changeman". De fato o Red One e a segunda Yellow Four (a primeira me pareceu meio "divona" demais; creio eu que havia começado com estrelismo - tinha cara de nojentinha, pelo menos - o que culminou com sua saída). Achei a Pink Five pitelzinho sim (deve estar um singelo saco de pelanca hoje em dia! :P ), mas suas atuações de fato deixavam um tanto a desejar (ela fazia uma cara de quem estava cagando nas calças às vezes!). Foi um Sentai importante (na Europa, inclusive), teve bons momentos, boas lutas, e tudo mais. E seria assim se fosse exibido no Brasil antes (ou no lugar) dos Changeman. Mas Changeman (que muita gente lá fora - nos EUA, pelo menos, muita gente não gosta do enredo - não curte, vejam vocês!) pra mim ainda é superior por ter todo o quinteto bem representativo, um Comandante bem atuante (Ibuki), vilões carismáticos e interessantes, e o figurino e produção são bastante superiores aos de Bioman. Mas é uma série rspeitável sim, e está longe da cafonice que estava em, por exemplo, Goggle Five. Recomendo bastante!
Denuncia
Tasci - 16/03/2015 21:03:25
Muito bom texto, Antonio. Discordo em alguns pontos, mas respeito você. Bioman é um sentai bastante inovador, com um robô realmente importante e sem o recurso de bazucas e inimigos ressuscitando a cada episódio. Não repetiram a fórmula até hoje, o que eu lamento. Parabéns e continue assim!
Denuncia
Execute o login para comentar a notícia!