Tokushare > Notícia > Análise > Série - Kamen Rider Agito: O Suspense é a Tônica deste Rider

Série - Kamen Rider Agito: O Suspense é a Tônica deste Rider

Por tuninhochan

Em 2001 a Toei Company produziu juntamente com Ishinomori Productions mais uma série da franquia Rider: Kamen Rider Agito é a 11ª série, teve 51 episódios e foi exibida pela TV Asahi. A série é uma continuação indireta de Kamen Rider Kuuga, sua antecessora.

A trama se passa dois anos após os eventos apresentados em Kamen Rider Kuuga. Novos assassinatos misteriosos surgem na cidade de Tóquio e a polícia prevendo que poderiam ser novas formas de vidas não identificadas (Unknows), forma um sistema especial para combatê-los chamada de G3 System. O oficial Makoto Hikawa (o bom Jun Kaname) é o escolhido para usar o sistema. Paralelo a tudo isso, temos o jovem Shouichi Tsugami (o divertido Toshiki Kashu), que perdeu a memória e parece ter algum tipo de relação com os Unknows e um novo herói que surgiu, chamado de Kamen Rider Agito.

             

Agito é uma série excelente, dotada de muita ação, bastante humor (o que não atrapalha em nada a história), bons efeitos especiais, boas atuações e muito, muito suspense. Nunca havia visto um tokusatsu até agora com tanta carga de suspense. A trama é envolvente e você fica doido pra saber o que acontecerá no próximo episódio. Agito te prende do começo ao fim. E a história é tão boa que os 51 episódios passam voando.

Esta foi uma série com muitos personagens cativantes e importantes que merecem ser citados e explicados (não com muito detalhe para não estragar possíveis surpresas, claro). Destaco: Shouichi Tsugami, Makoto Hikawa, Ryō Ashihara, Mana Kazaya, Sumiko Ozawa, Tōru Hōjō e Kaoru Kino. Ufa! Muitos, não? Mas, eles merecem. Começarei pelo protagonista da série: Shouichi. Como já citei anteriormente, ele tem amnésia. É um rapaz de bom coração, que adora ajudar a todos, ama cozinhar, é muito engraçado e determinado. Logo descobrimos que ele é o Kamen Rider Agito. Algo que gostei muito na transformação e no golpe final de Agito é a respíração e a postura. Lembram muito o Tai Chi Chuan e também lembram a técnica de Chi Kung usada no Kung Fu onde usamos a respiração e promovemos uma melhor circulação de energia no nosso corpo. Agito é extremamente forte e sua “Burning Form” é uma das mais bonitas que já vi, além de ser muito poderosa.

    

O oficial Makoto Hikawa é extremamente determinado, muito sério, correto, valente e faz de tudo para proteger a população. Desenvolve forte amizade por Tsugami e protagoniza várias cenas divertidíssimas ao lado dele. É levado ao limite várias vezes para dominar o G3 System. Possui uma rivalidade muito intensa com Tōru Hōjō. Ele tranasforma-se no Kamen Rider G3 e G3-X.

   

Tōru Hōjō é interpretado pelo ótimo ator Jun Yamasaki. Hōjō ou Houjo é um personagem desprezível. Logo de cara sentimos extrema antipatia por ele. É um policial invejoso, prepotente e que tenta superar Hikawa em tudo. Tenta várias vezes ser o escolhido para usar o G3 System. Apesar de tudo, é muito inteligente e esperto, chegando a ajudar aos heróis em várias oportunidades, assim como os prejudicou em tantas outras também.

          

Ryō Ashihara é interpretado por Yūsuke Tomoi. Ele é um nadador profissional que sofreu um acidente há alguns anos atrás. Ele é meio esquentadinho, meio bad boy, não é de falar muito e é o Kamen Rider Gills, um Rider mutante e muito forte. Ele parece um animal lutando e adora soltar gritos antes de acabar com seu oponente. É um bom personagem.

       

Mana Kazaya é interpretada pela bela Rina Akiyama. Ela é de vital importância para a trama e ajuda Shouichi várias vezes. É uma menina doce, tímida e inteligente. Seu pai foi assassinado há 2 anos atrás e ninguém sabe até hoje quem o matou, algo que a atormenta profundamente. Alguns fãs reclamam da personagem, mas provavelmente, não compreendem a importância que ela tem. Em 2007 a atriz foi nomeada como o “Melhor Bumbum do Japão”.... enfim....

         

Sumiko Ozawa é interpretada pela também bela Tōko Fujita. Ela é a policial responsável por desenvolver e supervisionar todo o G3 System. De temperamento forte, não aceitando levar desaforo pra casa, bate várias vezes de frente com Hōjō e várias vezes dá uns cacetes merecidos nele também. Ela também é uma personagem muito determinada e muito inteligente.

                          

Fechando os destques temos Kaoru Kino interpretado por Takanori Kikuchi. É um personagem misterioso que surge na reta final. Muito forte, centrado, sério ao extremo e com um grande trauma no seu passado. Eu o vejo e o considero um anti-herói.

                 

Outro bom destaque é a música de abertura (visto que a partir de Agito, se não me engano, não há mais músicas de encerramento na franquia Kamen Rider). A música “Kamen Rider Agito” interpretada por Shinichi Ishihara até o episódio 35 é excelente. Já a segunda versão tocada do episódio 36 até o final, interpretada pelo mesmo cantor, mas com alguns detalhes diferentes não me agradou.

A história de todos os personagens se entrelaçam e caminham junto, aprofundando a cada episódio mais e mais o mistério e o suspense. Apesar do final ter sido meio franquinho (como é na maioria dos Kamen Riders que assisti e em vários Tokusatsus também), isto não tira o brilho da série. Para aqueles que ainda não conhecem este ótimo Rider, curtem uma boa história de suspense, ação e diversão, não podem deixar de conferir Kamen Rider Agito. Aqui mesmo no Tokushare nós temos a série completa (http://www.tokushare.com.br/seriadoHistorias/view/36).

          

Um grande abraço!

tuninhochan
Um eterno fã de Tokusatsus!
Comentários
Ovomaltino - 07/03/2020 05:03:13
Nossa, ninguém tinha comentado ainda? Tipo... "First"? :P Que seja, há algumas horas acabei de ver o especial dos 3 Riders da série- e durante a semana o último episódio (inclui-se aí os outros dois especiais). Achei a série sensacional, e MUUUUUITO superior à (na minha opinião) meia-boca Kamen Rider Kuuga. Kamen Rider Agito é bem mais esclarecida, soturna e dinâmica. Todos os 3 Riders da trama são excelentes (meu favorito é Gills - pelo menos transformado - que lembra uma espécie de mistura entre o Shin Kamen Rider daquele Movie de 1992 e o Kamen Rider Amazon), e esse lance do "bumbum da Mana"... não reparei, vou ter que buscar na net, hehehe! Bom, os vilões são bem melhores que os de Kuuga (ao menos não são aqueles lacradores lá... :P), embora não tenha exatamente um "Chefão Final" propriamente dito (são só aqueles Unknowns mesmo). E a trama nada lembra as genéricas dos anos 70 e 90, tendo umas "tiradinhas" que só o pessoal mais macaco-velho vai sacar. Fora que no final (praticamente nos créditos do último episódio - prestem atenção!) é a primeira vez que um Kamen Rider se transforma em algo totalmente diferente do esperado. :P O único especial que não vi é aquele crossover com Kamen Rider Ryuki, mas esse verei assim que ter minar de assistir este, pra fazer mais sentido. E no Domingo (ou seja, amanhã) começo a ver Kamen Rider Ryuki, porém não estou muito empolgado por isso por: 1 - pelo POUQUÍSSIMO que pude ver naquela adaptação estadunidense "O Cavaleiro Dragão" enquanto zapeava pelo controle remoto (não vi nem dois minutos...) não me chamou a atenção (mas vai que muda...) e 2- esse lance de "Cards" não faz a minha cabeça. Acho meio bobo e infantil, sei lá.. Mas voltando à Agito... a série é recomendadíssima. Uma série que conseguiu fazer a transição para o novo milênio bem melhor e mais convincentemente do que o Kuuga fez. Vale muito a pena conferir.
Denuncia
Execute o login para comentar a notícia!